Dança Integrativa Feminina – Shakti Yoga Dance


Práticas Integrativas Femininas – Práticas Meditativas e de Dança Feminina –  (Shakti Yoga Dance – Shakti Natya)

> Reconexão, Integração e Expressão Feminina

> Consciência e Expressividade Corpo-Psiquê Feminina 

A Arte e, principalmente, a dança é uma principais formas de acessar, reconectar diretamente a essência feminina.

A Feminilidade Essencial da mulher pode ser resgatada através de movimentos que originam da essência criativa, receptiva, acolhedora e integradora da mulher, de seu ventre, que emerge de seu corpo, nutre, transforma, curando, conscientizando, trazendo, do interior o propósito, o amor, a consciência. Também deixa vir à superfície de nosso ser tudo que foi de reprimido dessa poderosa força que ficou adormecida em nosso inconsciente.

eleven-of-twelve-ii-002mdShakti Yoga ou Shakti Natya (ver os significados abaixo) é a Dança Integrativa Feminina que constituí de práticas psico-físicas como movimentos expressivos, fluídicos e criativos femininos baseados nas matrizes das danças ancestrais femininas (Danças Árabes Femininas; a Dança Indiana; a Dança Flamenca, Danças Ciganas – de diversas etnias como espanhola, russa, turca, india, romena, árabe etc -, as Danças Brasileiras étnicas, tribal fuion e afins), performance e teatro musical e inclui também danças-teatro sagradas e ritualísticas (não religiosas), pois estas danças têm suas origens em tempos remotos, quando não havia separação entre vida, arte (e entre as artes) e espiritualidade, sendo espiritualidade aquilo que inclui saúde e religação com a própria essência divina. Além desta base, também utiliza de práticas da dança étnica contemporânea feminina, as técnicas expressivas somáticas perenes e contemporâneas (como a dança-teatro oriental e ocidental, biodança, dançaterapia e afins) aliadas as práticas orientais integrativas perenes (yoga, Chi Kung, Kun Nye e afins) incluindo outras específicas para mulheres como as práticas meditativas femininas, que favorecem a autoconsciência (corporal, psíquica e mental), a identificação à essência e beleza interna e externa feminina e o contato com nosso ventre e seu poder criativo, receptivo, nutridor e transformador. Trabalha-se a reconexão com a mãe terra e à polaridade feminina universal e cósmica (Shakti). Inclui técnicas meditativas de despertar e cura como a visualização diretiva, imaginação ativa, mantras e sons, visualizações de despertar e cura com o objetivo de reconectar e integrar a mulher ao corpo, psique e essência feminina – feminilidade essencial. Shakti Yoga (Dança Yoga Feminina) ou Dança Integrativa Feminina é parte do Caminho Sagrado Feminino, o Programa Prático dos Saberes Ancestrais do Sagrado Feminino. Assim, o curso também possui uma boa parte de todo um cabedal de conhecimentos existentes nos muito antigos círculos de mulheres em diversas partes do planeta, saberes estes que foram ocultados por milênios ou ainda reconfigurados modificando sua essência o que levou a mulher a desconhece-la e desempoderá-la.
 
Este curso não só objetiva harmonia, saúde, autoconhecimento como iniciar e aperfeiçoar o processo de empoderamento feminino, porém focando a autorealização, trabalhando a mulher, com base em seu interior, na sua reconexão e integração à sua essência feminina, a terra, ao cosmos, a todos os seres, para que aí sim ela possa ser representante ativa, criativa e efetiva em seus círculos femininos e outros, onde através desta transformação interna, possa realizar tranformações no mundo.

Shakti Yoga (também chamada de Shakti Yoga Dance, mas essencialmente Shakti Natya, em sanscrito – sendo Shakti, a Feminilidade essencial, cósmica, terrena, a essência feminina universal e Natya relacionando a Arte do Corpo como Dança-Teatro, que inclui práticas e conceitos do yoga – e Yoga muito é mais que uma prática psico-física, é uma sabedoria, significa união, religação ao verdadeiro Eu)

 Dança Integrativa Feminina ou Dança Integrativa Circular Feminina é também Shakti Natya chaniawomen(ou Shakti Yoga Dance), porém significando Shakti Mandala Natya. Sendo: Shakti, uma palavra sanscrita que significa é o principio feminino individual ou pessoal, planetário, universal e cósmico. Yoga significa junção, união, integração e Natya arte e expressão corporal, cênica, dança-teatro e, principalmente dança sagrada, Mandala significa circular, porém a dança feminina ascestral, por si só, era circular tridimensional, esférica. A mandala é o símbolo da integração, integração com o seu centro, ou centro origem de tudo, a totalidade, é o símbolo da harmonia, estética, sacralidade. Assim, está prática reconecta (resgata) a mulher a sua feminilidade, ao princípio ou essência de amor, união, receptividade, generosidade, alegria, beleza, harmonia, sabedoria, paz e plenitude.

Entre os benefícios gerais ou efeitos está a flexibilidade física, mental e psíquica, alinhamento postural, consciência corporal e mental (semi-estática* e em movimento), fluidez, coordenação, fortalecimento, resistência,equilíbrio psico-físico, percepção sensorial, criatividade, expressividade, autoestima (autoaceitação), relaxamento pro-ativo, modelagem ou remodelagem ao corpo feminino, integração pessoal e social e muitos outros.

No nível pessoal ou corporal da mulher, é o  reequilibrio do ciclo hormonal-psíquico-mental (de lunar à venusiano), purificando e reconectando a energia-poder-força ovariana e uterina (transformação da energia essencial em vital e poder mental e consciente), reintegra o poder do coração (da Alma) e do olho interno (chakra frontal e pituitária ) e A integração plena da consciência.

Tais práticas devem realinhar, harmonizar, produzir rejuvenescimento, saúde corporal, sexual, emocional e mental, mas a prioridade é a reconexão com a Terra e com o Cósmos, com o nosso propósito superior tanto no nível pessoal como coletivo, por isso é uma Dança Sagrada que experimenta também a Dança ritual de mulheres ou Danças Rituais Femininas.

Um corpo que se move libera a Alma e Ascende! A Dança, o movimento expressivo, criativo é o caminho para libertar a Alma e colocá-la na liderança!

O objetivo é reencontrar o espaço, o tempo e a experiência sagrada interna e externa da mulher. Os moc0d711180f9a07ade47877f3b3130009vimentos expressivos, as práticas de respiração, reflexão e meditativas permitem, através do físico, do sensível, do emocional e mental, um contato profundo consigo mesma. Como experiência ‘exterior’ tem-se a oportunidade de conectar com suas ‘comadres’, trocando idéias, experiências, sabedorias e a oportunidade de redespertar, de dentro pra fora, a essência sagrada, integrada feminina.

* O corpo está em movimento constante mesmo quando estamos parados, pois milhares de micromovimentos internos estão constantemente fluindo mesmo ao dormirmos, mesmo em coma. Assim a vida é movimento, movimento é vida e saber se movimentar é saber viver! Pela Sabedoria Oriental, O Princípio feminino cósmico é substância, é movimento, é a vida manifesta, é o corpo, é o movimento do corpo, o movimento de vida, é a dança, é a dança do cosmos, é a dança da vida!

Programa:

 
Dança Integrativa Feminina – Shakti Yoga / Shakti Natya –  é um dos cursos dos Círculo Numin que são realizados, agora como oficinas, em diversas cidades, estados e agora estamos desenvolvendo-os em forma EAD semipresencial (com alguns encontros presenciais)
O Círculo de Confraternindade Feminina ‘Senhoras da Terra’ realiza também as práticas da Dança-Teatro Integrativa Feminina.

(As Oficinas acontecem em varias cidades, por favor, entre em contato para informações)

Detalhes: Ver também www.shaktiyoga.org.br – Dança Integrativa Feminina – Yoga Dança Feminina

Jundiai indaiatuba cabreuva itu louveira vinhedo valinhos salto jarinu itatiba varzea paulista campo limpo paulista francisco morato campinas sao paulo sao lourenço mg